ÁGUAS DE PONTA PRETA completa 20 anos

ÁGUAS DE PONTA PRETA completa 20 anos

Iniciativa empresarial que nasce a partir do compromisso da CABOCAN, LDA junto do Governo de Cabo Verde, em criar a Urbanização de Ponta Preta e contribuir na dinamização do Destino Turístico SAL

Celebra-se hoje, 15 de Maio, o vigésimo aniversário da constituição da sociedade por quotas Águas de Ponta Preta Preta. A empresa foi uma resposta organizacional da CABOCAN, LDA acionista maioritária, por forma garantir os serviços básicos de energia, água e saneamento na Urbanização de Preta, situada na primeira zona desenvolvimento turístico integral em Cabo Verde. A CABOCAN, LDA com mais duas empresas de nacionalidade espanhola com valências tecnológicas, CASSA Aigües de Sabadell (empresa especializada na gestão do ciclo integral da água) e HIDROWATT, SA (empresa especializada em projectos hidráulicos e energéticos) fundam a empresa em 2000. 

A CABOCAN,LDA para viabilizar a criação da Urbanização de Ponta Preta e tornar factível o turismo na Ilha do Sal, teve que assumir ante uma convenção de estabelecimento com o Governo de Cabo Verde, o fornecimento estável e contínuo de serviços básicos na zona desenvolvimento turístico, por forma a atrair investimentos externos para o desenvolvimento de projetos turísticos na ilha do Sal. A garantia dos serviços básicos integrais repercutiu de forma positiva mediante a proliferação investimentos no desenvolvimento turístico de Cabo Verde.

Após o período de elaboração dos projectos técnicos e construção da infra-estrutura inicial da Instalação Dessalinizadora de Água do Mar (IDAM), em Setembro de 2001 iniciou a produção de água potável com a primeira unidade, com capacidade de produção de 500 m3/dia mediante a tecnologia de osmose inversa e com um incipiente e revolucionário sistema de poupança energética por câmaras isobáricas.

Passados 20 anos, e já com a IMPULSO como sócio tecnológico, a APP integrou-se no tecido económico de Cabo Verde e desenvolveu um grupo empresarial que faz a gestão de activos hidro-energéticos, tendo investido 2.500 milhões de escudos em infra-estruturas, em tecnologia, em eficiência e em formação industrial.

Neste período foi mobilizado um volume de 12 milhões de m3 de água dessalinizada potável nas ilhas de Sal e Santo Antão e foram tratados 5 milhões de m3 de água residual na ilha do Sal. Para além, 4 milhões de m3 de água residual regenerada, foram reutilizados na rega de 35 hectares de novas áreas verdes. Em termos de energia, as centrais eléctricas geridas pela APP produziram 250 milhões de kWh e nos últimos anos as energias renováveis protagonizam os planos de crescimento da empresa neste sector.

Na actualidade, o grupo de empresas da APP, conta com 105 colaboradores, que garantem os serviços básicos da Urbanização de Ponta Preta, do saneamento de águas residuais na Ilha do Sal, da produção de água potável em Porto Novo e ainda os serviços de lavandaria industrial para as unidades hoteleiras de Santa Maria, que desde 2011 já lavou 13.000 toneladas de roupas.

A responsabilidade social tem sido um dos pilares nestas duas décadas, apoiando as actividades culturais, desportivas e sociais, esforçando especialmente na vertente das energias renováveis para estender a electricidade em continuidade às localidades remotas, nomeadamente da Ilha de Santo Antão.

A APP assinala esta efeméride numa altura em que os seus serviços são essenciais para a higienização preventiva contra o COVID-19, continuando os investimentos em infra-estruturas destinadas à garantia dos serviços básicos de energia, água e saneamento para contribuir no desenvolvimento do país.

Written by pontapreta

Website:

0 comments

Leave a comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *